História de Cliente

Consmin Australia


A Consmin Australia é uma produtora de minério de manganês de alto teor na operação da mina Woodie Woodie. O manganês é usado principalmente na produção de aço. A mina Woodie Woodie funciona 24 horas por dia, sete dias por semana e opera com uma equipe de 400 pessoas no local a qualquer momento.

Consmin Australia

"Com o novo sistema Tait DMR Tier 3, nossos supervisores podem monitorar suas áreas de qualquer lugar na mina e, em caso de emergência, temos a certeza de que estaremos bem, com a certeza de cobertura total em todo o site."

Erle Metcalf

Situação


O ambiente hostil da região de Pilbara, na Austrália, testa o limite de todos os equipamentos usados por lá, desde enormes caminhões basculante e instalações fixas como equipamentos de beneficiamento de minério, equipamentos de iluminação, eletrônicos de pequena escala e até mesmo roupas e calçados.

Em Pilbara, dizem que se você realmente quiser saber quanto tempo algo demora para se deteriorar, é só enviar para a mina Woodie Woodie, uma operação da Consmin a 400 km a sudeste de Port Hedland, na Austrália.

Erle Metcalf, responsável pelo setor de Informação, Comunicação e Tecnologia (ICT) da Consmin, diz que uma rede de rádio móvel privada da Tait Communications foi escolhida quando decidiram substituir o antigo sistema de rádio analógico em que mina operava. Comunicação na íntegra em todo o local, segurança, robustez, confiabilidade, facilidade de transição e a capacidade do sistema de apoiar futuras iniciativas de segurança e eficiência foram elementos decisivos na hora da escolha.

“Por ser uma mina de formato estranho, o antigo sistema de rádio analógico tinha muitos pontos cegos”, diz Erle. “Também nos preocupávamos por não haver um canal de uso comum em toda a mina. Isso refletia em problemas ao tentar obter autorização para entrar em uma área, assim como, atrasos potencialmente graves em caso de emergências, uma vez que nossa equipe de resposta a emergências estava conectada por um canal separado.”

Jonathan Collyer-Petale, o Coordenador de Projeto de ICT, responsável pela implantação, afirma que "a capacidade do Tait Enable Fleet over-the-air (OTAP) era outro benefício significativo, principalmente no que diz respeito à velocidade com que podemos entregar coisas como novos grupos de canais e atualizações de Geofencing."

Respostas


Woodie Woodie fica localizada em uma zona de grande incidência de descargas atmosféricas, o que é um sério perigo considerando que, cargas explosivas são usadas para auxiliar na operação de mineração. O serviço terceirizado de alerta de relâmpagos da mina também será incorporado à rede de rádio Tait para disparar alertas automaticamente e ajudar a garantir que as explosões, assim como, outras áreas vulneráveis estejam protegidas antes que raios possam atingí-las.

Outra melhoria de segurança possibilitada pela atualização do sistema, era o uso de cerca eletrônica (Geofencing) para alternar automaticamente os terminais de um canal para outro conforme o usuário passa de uma zona para outra.

“Esses aprimoramentos, os alertas de raios e o sistema de Geofencing, são apenas duas das oito melhorias de recursos que planejamos como resultado da mudança para o sistema Tait DMR”, diz Erle. “Esta mudança também nos permitiu rever e, muitas vezes simplificar, nosso planejamento de emergência e procedimentos de segurança, pois muitos deles eram baseados nas limitações do sistema antigo, que precisava de soluções alternativas bastante complexas.”

Os especialistas em Informação, Comunicação e Tecnologia (ICT) precisavam saber tanto sobre interoperabilidade de aplicativos de negócios quanto sobre as vantagens ou desvantagens de um elemento específico. “Aqui, nós executamos a operação de ICT em três pilares: simplicidade, escalabilidade e otimização de esforço administrativo”, diz Erle. “A Tait pontuava bem nesses quesitos quando comparados com outros equipamentos disponíveis no mercado, entretanto, também era importante para nós que tivéssemos acesso à equipe técnica da Tait e isso ajudou no processo.”

“Anteriormente, nós investimentos duas vezes no processo de atualização de rádios, porém as implementações não foram bem-sucedidas. Em uma das vezes, o equipamento simplesmente não estava à altura do ambiente em que a mina opera, que é um ambiente extremamente hostil. Começamos a levar esse fator em consideração há alguns anos. O fato de que o Tait DMR é desenvolvido em padrões abertos é muito positivo. Isso significava que nunca seríamos reféns de uma única marca de terminal, ao mesmo tempo que significava que poderíamos iniciar essa transição, comprando terminais de frota com capacidade para DMR. Dessa forma, ao implantar a rede digital, continuaríamos a usar esse equipamento.”

Resultados


Melhor cobertura de rede

“Por causa da falha nos processos anteriores, a migração em dezembro passado foi extremamente significativa para nós, esse projeto não tinha outra opção a não ser o sucesso”, diz Erle. “Decidimos que os terminais deveriam copiar fielmente, a forma como o sistema analógico era estruturado e o sistema da Tait nos proporcionou chegar muito perto disso.”

“Não foi necessário muito treinamento e no dia da implantação do novo sistema, fizemos apenas uma curta sessão para cada equipe conforme eles iniciavam seu turno, explicamos o uso ideal do microfone e lembramos as pessoas de que é preciso ouvir o 'bip' antes de começar a falar. Tecnicamente falando, a mudança foi excelente!”

Buscando Algo Mais?